segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Em reunião na Associação dos Engenheiros da Petrobrás, o candidato Ciro Gomes voltou a causar polêmica ao dizer que não precisa dos votos de sulistas e sudestinos, pois são em sua grande maioria nazistas. Vale lembrar que Bolsonaro lidera com grande vantagem em pesquisas de intenção de votos nas duas regiões.
Ainda durante a reunião, Ciro atacou diretamente os eleitores de Bolsonaro e disse que será presidente do Brasil e que irá prender todos os fanáticos do candidato do PSL que se oporem ao seu governo.

Em tom alterado, Ciro Gomes afirmou:
"Eu sou cearense, sou nordestino e não preciso dos votos dos nazistas do sul e do sudeste, esses eu dispenso com orgulho. Digo mais, serei presidente desse país e irei botar ordem nesses nazistas filhos da p*** e prenderei todos que se opuserem ao meu governo."

Ao terminar o discurso, Ciro foi muito aplaudido e ovacionado por seus apoiadores que gritavam em coro "ele não, ele não, ele não."

As informações são da Jornalista Mônica Bergamo, da Band News.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Um homem morreu eletrocutado na tarde desta sexta-feira durante um ato de apoio ao ex-presidente Lula em Curitiba onde está preso.
Ele subiu no poste para chamar atenção de todos, e ao gritar "Lula Livre" o homem sofreu uma descarga elétrica fatal.

A vítima despencou de uma altura de aproximadamente quatro metros após encostar em um fio de alta-tensão.

O homem, que não foi identificado, tinha entre 20 e 25 anos. Ele havia subido em um poste em frente ao prédio da Polícia Federal, poucos minutos antes do discurso da presidente do PT Gleisi Hoffmann.

Em nota o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Curitiba informou que a vítima sofreu uma parada cardíaca e traumatismo craniano.

Uma equipe que prestava suporte ao evento realizou os primeiros atendimentos. O paciente chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo foi encaminhado ao necrotério do Hospital de Urgências da capital paranaense.

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Pesquisa Vox Populi realizada nas oito maiores capitais do país apontou o prefeito paulistano Fernando Haddad como o pior do país.
Dos 5.200 eleitores entrevistados, apenas 16% qualificaram positivamente o trabalho do petista.

O ex-prefeito de São Paulo nada fez. Aliás, cumpriu muito pouco do que prometeu em sua campanha.

Mas quais atitudes de Haddad colaboraram para tanta rejeição?! Vamos a algumas delas:
. Em meio à crise hídrica, Haddad liberou construção de moradias populares em área de mananciais;
. Uma Auditoria apontou desvio de imóveis do Minha Casa em São Paulo; . Privilégios dados ao MTST em detrimento de outros segmentos da sociedade;
. Prefeitura de SP entregou 20% do Minha Casa aos sem-teto. Ou seja, militantes petistas têm preferência;
. Bandeiras do PT foram por diversas vezes penduradas no prédio da Prefeitura de São Paulo;
. Instalação das piores ciclovias do mundo, com obras sem qualquer projeto definido e de péssima qualidade;
. Invasão de terrenos municipais foi recorde na gestão do prefeito Haddad. São, normalmente, áreas reservadas para praças e jardins;
. O prefeito trapalhão promoveu, como no caso das ciclovias, a proliferação indiscriminada de faixas exclusivas de ônibus, arrasando o trânsito paulistano;
. Basta passear de carro pelas ruas da cidade para ter a certeza de que nunca antes surgiram tantos barracos e acampamentos, o que denota falta de uma política de assistência e moradia; . Com o fim do Controlar por Haddad, a emissão de monóxido de carbono voltou a subir em escala geométrica;
. Haddad incentiva ocupações ilegais, normalmente feitas por grupos simpáticos ao seu partido, o PT;
. O prefeito faz vistas grossas a desenfreadas ocupações de áreas de mananciais, indo na contramão das preocupações mundiais para com a preservação do meio ambiente;
. Reduziu a velocidade dos carros e aumentos em 57,5% o número de radares, criando a indústria da multa;
. Haddad não construiu nenhum hospital. Das Unidades Básicas de Saúde, só efetivou 10% do que prometeu. Só 5% dos CEUS foram entregues;. Os alimentos entregues pela Prefeitura às creches são de qualidade altamente duvidosa.Por enquanto, paro por aí. Mas, prometo, a série de negligências de Haddad vai continuar sendo apontada por mim. É aguardar por novos (e intermináveis) capítulos.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Fanfic do dia.

A deputada federal do PT, Maria do Rosário enviou um advogado especialista para representar Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentando contra o candidato a presidência da República Jair Bolsonaro na tarde da última quinta-feira (6). O criminoso foi preso e está sob responsabilidade da polícia de MG.
Em entrevista, Maria do Rosário disse que o homem tem claros problemas psicológicos e não deve responder como criminoso, mas sim como pessoa especial com problemas mentais.

A deputada ainda disse que nada de grave aconteceu ao deputado, e que tudo foi um exagero da mídia.
"Ele recebeu um arranhão na barriga e estão fazendo esse alvoroço todo, me poupe. Sinceramente, acho que ele ta rindo da cara dos trouxas que acham que ele está realmente mal. E mais, o cidadão que praticou esse ato não pode ficar preso, pois não foi nada grave e o mesmo claramente tem problemas mentais. Vou mandar meus advogados para representá-lo e farei de tudo para que ele seja liberado o mais rápido possível."
Segundo informações, o advogado enviado é um dos mais caros do Brasil, e recebe cerca de 25 mil reais por cada audiência.

domingo, 26 de agosto de 2018

O candidato a presidência da república, Jair Bolsonaro foi ovacionado pelo público presente na Festa do Peão de Barretos na noite deste sábado. Bolsonaro passeou pela arena montado num cavalo e viu seu nome ser clamado por milhares de pessoas.

A presença no evento encerra a sequência de campanha do candidato no interior de São Paulo.

Na saída do evento, Bolsonaro agradeceu o apoio e carinho do público.

Em entrevista, Bolsonaro disse não ter ficado impressionado com a imensidão do apoio que recebeu no evento, pois isso é comum por onde ele passa.

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

A Netflix, inspirada no sucesso dos atuais programas de provas de gastronomia e culinparia, resolveu criar o seu próprio reality independente.
Chamado de"The Final Table", o programa traz talentos da gastronomia mundial concorrendo a um lugar na Mesa Final, onde os maiores chefs do planeta, incluindo a representante brasileira, Helena Rizzo.
A disputa contém 12 equipes de chefs de vários continentes, que devem preparar pratos tradicionais de México, Espanha, Inglaterra, Brasil, França, Japão, Estados Unidos, Índia e Itália.
O vencedor estará em uma mesa com chefs renomados como: Helena Rizzo (Brasil), Enrique Olvera (México), Andoni Aduriz (Espanha), Clare Smyth (Reino Unido), Vineet Bhatia (Índia), Grant Achatz (Estados Unidos), Carlo Cracco (Itália), Yoshihiro Narisawa (Japão) e Anne-Sophie Pic (França).
Mesmo sendo muito aguardado, a data para a estréia do programa ainda não foi definida.
Fonte: R7 notícias.
Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, afirmou na tarde desta sexta-feira, que o ex-presidente Lula, reivindicou o direito de votar nestas eleições, mesmo que ainda esteja preso na data.
A senadora também afirmou que Lula compreende que as pesquisas eleitorais mostram a credibilidade do povo em sua candidatura e que seguirá firme na disputa até o fim. De acordo com ela, Lula afirmou que no dia 1° de setembro estará no programa eleitoral com uma mensagem para toda a população.
Mais cedo, o senador Alvaro Dias esteve na Polícia Federal para uma audiência e disse a jornalistas que o ex-presidente Lula não é um preso político, mas sim um político preso. 
Indagada sobre a fala do senador, Gleisi destacou a modesta intenção de voto em Dias, que alcançou cerca de 3% na última pesquisa Datafolha. "Ele que tem que explicar o índice de voto dele. Não consegue estar na frente no Paraná, o presidente Lula está na frente dele. Quem não está entendendo o recado popular é o Alvaro Dias. Ele está do lado errado da história", disse.
Fonte: Yahoo Notícias